Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

O Melhor Blog do Mundo

Porque as coisas boas da vida têm mais sabor quando são partilhadas...

Visita ao Terraço da Basílica da Estrela

21.11.17 | Os bloggers

A Basílica da Estrela é um dos símbolos de Lisboa que se destaca na paisagem com a sua vistosa cúpula no alto da colina da Estrela.

PB180126.jpg

Depois de mais uma visita ao Miradouro do Panorâmico de Monsanto para admirar a paisagem, a Basílica da Estrela salta-nos à vista e como já tínhamos "espreitado" o seu interior algumas vezes mas nunca tínhamos feito uma visita a sério, rumámos até à Estrela.

DSC02180.jpg

O Sol já se estava a esconder e começámos pela visita ao Terraço da Basílica. Este é daqueles sítios que provavelmente passa ao lado de muitos turistas ou até mesmo dos Lisboetas, mas vale a pena visitar pelo menos uma vez!

PB180028.jpg

A entrada faz-se pelo lado direito por uma porta discreta, sobem-se 114 degraus e chegamos ao Terraço. A vista não é desafogada como outros miradouros da cidade, no entanto, podemos desfrutar de uma vista para o Jardim da Estrela logo em frente, para a Ponte 25 de Abril e para o Cristo Rei ao longe, o Rio Tejo, o Castelo de São Jorge, entre outros pontos de interesse.

PB180090.jpgPB180060.jpgPB180065.jpgPB180083.jpg

É também possível espreitar os claustros do Mosteiro mesmo ao lado. Além da vista do Terraço, podemos entrar na cúpula e andar à sua volta, desfrutando de uma vista aérea do interior da Basílica. Como estávamos sozinhos, acabámos por ficar pelo Terraço calmamente a admirar o pôr do sol.

PB180076.jpgPB180033.jpgPB180044.jpgPB180050.jpgPB180055.jpg

Depois descemos ao interior da Basílica onde admirámos com mais pormenor o seu interior de mármore e os seus altares. Merece destaque o túmulo de D. Maria I pela sua imponência. D. Maria I é a única monarca da dinastia de Bragança que não se encontra no Panteão.

PB180097.jpgPB180100.jpgPB180105.jpgPB180111.jpg

Alguns factos históricos sobre a Basílica da Estrela:

D. Maria Francisca, que se veio a tornar D. Maria I, no dia do seu casamento prometeu que se tivesse um filho varão para herdar o trono, construíria uma igreja. Como o nascimento do filho varão se concretizou, D. Maria I, no final do Séc. XVIII, mandou iniciar as obras para a construção do que é hoje a Basílica da Estrela. Apesar do projecto inicial ser mais modesto, este acabou por sofrer algumas alterações com a morte do arquitecto Mateus Vicente, que foi substituído por Reinaldo Manuel dos Santos, alterando a planta para uma arquitectura muito semelhante ao Palácio de Mafraque na altura contrastou com a arquitectura que já se desenrolava na Baixa Pombalina.

Um facto que merece realce é que esta foi a primeira igreja no mundo dedicada ao Sagrado Coração de Jesus. 

PB180073.jpg

Mesmo em frente à Basílica da Estrela existe o Jardim da Estrela, um enorme e bonito jardim onde se costumam realizar concertos e feiras de antiguidades. Logo ao lado podem apanhar o famoso Eléctrico 28 para uma voltinha turística.

PB180024.jpg

O acesso à Basílica é gratuito no entanto para o Terraço o bilhete custa 4€. O Terraço pode ser visitado de Terça a Domingo entre as 10h e as 18:30h.

Bons passeios!

 

Acompanhem-nos também no Facebook e no Instagram.

 

 

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.