Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

O Melhor Blog do Mundo

Porque as coisas boas da vida têm mais sabor quando são partilhadas...

"Perdidos" pela Costa Vicentina...

28.04.16 | Os bloggers

No fim de semana grande andámos a passear pelo bonito Parque do Sudoeste Alentejano e Costa Vicentina.

Portugal é mesmo um país cheio de contrastes, todos eles dotados de uma beleza ímpar!

Centrámo-nos em pleno coração do Litoral Alentejano.

 

A nossa base foi a tranquila vila de São Luís, onde passámos uns agradáveis dias com uns amigos naturais da zona.

Portugal não seria o mesmo se não tivesse nascido à beira mar plantado, com areais extensos, águas límpidas e um Sol encantador.

Os dias foram de descanso e em pleno contacto com a natureza.

Visitámos vários locais, de onde se destacam as praias. Assim, de Norte para Sul, visitámos as praias de: São Torpes, Vieirinha, Samoqueira, Porto Côvo, Praia dos Buizinhos, Praia do Pessegueiro (com vista para a Ilha do Pessegueiro), Aivados, Malhão, Milfontes, Furnas, Almograve e Zambujeira do Mar.

Estas praias são mesmo muito bonitas! As imagens são inteiramente reais e não nos deixam mentir!

IMG-20160427-WA0001.jpgIMG-20160427-WA0000.jpgIMG-20160427-WA0002.jpgIMG-20160427-WA0003.jpg

Com vista da costa para a Ilha do Pessegueiro ergue-se o Forte da Praia do Pessegueiro ou Forte de Nossa Senhora da Queimada. Este Forte e outro existente no topo da Ilha foram projectados na época filipina, para defesa da costa. Sofreram danos significativos com o terramoto de 1755. O Forte da Praia do Pessegueiro foi parcialmente recuperado, sendo possível visitá-lo (não perdemos a oportunidade, claro).

 IMG-20160427-WA0006.jpg

IMG-20160427-WA0004.jpg

Entre Almograve e a Zambujeira do Mar surge o Cabo Sardão, o ponto mais ocidental da Costa Alentejana. É um local tranquilizador e de uma beleza muito genuína.

IMG-20160427-WA0009.jpgIMG-20160427-WA0010.jpgIMG-20160427-WA0011.jpg

Para além de locais mágicos junto ao mar, um caminho de terra batida, junto à Carrasqueira (perto de São Luís e a caminho de Odemira), levou-nos até à Casa Branca, um espaço encantador, junto às margens do Rio Mira, onde a natureza pode ser apreciada no mais puro estado.

Pelo caminho conhecemos o Moinho da Agonia, um moinho adaptado a turismo rural, que será seguramente um sítio giro para passar uns dias em comunhão com a natureza.

IMG-20160427-WA0012.jpgIMG-20160427-WA0014.jpg

IMG-20160427-WA0015.jpg

Durante os nossos passeios há sempre espaço para um doce e, desta forma, não podemos deixar de experimentar os deliciosos gelados da Mabi em Milfontes. Recomendamos vivamente!

IMG-20160427-WA0008.jpg

Estivemos atentos a vários locais interessantes para uma bela estadia na zona e sendo assim sugerimos: Herdade do Amarelo, Naturarte, Corte Nova da Preguiça, Moinho da Asneira, Moinho da Agonia, Herdade do Touril, Zmar Eco Campo, Hotel Rural Moita Mar e Orbitur Sitava, entre outros.

 

Não deixem de aproveitar as dicas, o Litoral Alentejano é mesmo um sítio muito especial, que oferece uns dias tranquilos e sempre bem passados.

 

Acompanhem-nos também no Facebook e no Instagram.

 

 

4 comentários

  • Imagem de perfil

    Os bloggers

    03.05.16

    É uma sugestão válida, mas na verdade também não está correcta O percurso descrito faz parte do Parque Natural do Sudoeste Alentejano e Costa Vicentina, mas ficaria um título enorme.
  • Sem imagem de perfil

    TNSBA

    03.05.16

    Exacto... Parque Natural do Sudoeste Alentejano (até à ribeira de Odeceixe) e Costa Vicentina (da ribeira de Odeceixe até quase Lagos).
    Daí a extensa designação do Parque Natural!
  • Imagem de perfil

    Os bloggers

    03.05.16

    Achamos que não há definições certas ou erradas, fazem parte do Parque Natural, existem sites oficiais que consideram a praia de São Torpes como praia da Costa Vicentina
    Mas nomes à parte, o que importa é mostrar a beleza do nosso País
  • Comentar:

    CorretorEmoji

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.