Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

O Melhor Blog do Mundo

Porque as coisas boas da vida têm mais sabor quando são partilhadas...

Descobrindo Barcelona...

28.02.18 | Os bloggers

Já vos contámos tudo acerca do primeiro dia da nossa viagem a Barcelona e do hotel seleccionado (um hotel Português!). Ficou prometido desvendar o resto do passeio e aqui está!

No segundo dia em Barcelona começámos por ir até ao Paseo de Gracia.

DSC03976.jpg

No Paseo de Gracia apreciámos a emblemática fachada da Casa Batlló, concebida por Gaudí. A Casa Batlló é um local único e imperdível. Como na última visita a Barcelona estivemos no seu interior, desta vez apenas apreciámos a sua beleza exterior e seguimos para La Pedrera, outra das emblemáticas construções arquitectónicas de Gaudí e que ainda não conhecíamos.

DSC03981.jpg

La Pedrera (ou Casa Milà) é um conjunto de sumptuosos apartamentos, que nasceram num edíficio singular, construído entre 1906 e 1912 pelo arquitecto Antoni Gaudí e declarado Património Mundial da UNESCO em 1984.

DSC04137.jpgDSC03992.jpgDSC03988.jpg

Após a entrada no local podemos apreciar o seu pátio interior e ouvir um pouco da história do espaço e do irrepreensível mundo arquitectónico de Gaudí. Daqui subimos até ao terraço onde as invulgares chaminés e as vistas fazem as delícias dos turistas.

DSC04025.jpgDSC04014.jpgDSC04007.jpg

Seguiu-se a visita ao último piso e a um apartamento decorado ao estilo de Gaudí e da época; sem nos esquecermos que as ideias de Gaudí estavam anos luz à frente do seu tempo. Muito bonito!

DSC04038.jpgDSC04057.jpgDSC04033.jpgDSC04059.jpg

Era quase hora de almoço e decidimos ir até à zona da Sagrada Família para almoçar e dizer um "olá" à Basílica a que Gaudí dedicou grande parte da sua vida e que é um símbolo de Barcelona.

DSC04101.jpgDSC04075.jpg

A Sagrada Família é a obra mais mediática de Gaudí. Inacabada, continua em obras, um dia estará completa e ainda mais perfeita. Notamos que cresceu desde que lá estivemos a última vez em 2012; desta vez não entrámos, mas mais uma vez delirámos a apreciar a imponência e originalidade da sua arquitectura exterior. A construção começou em 1882 com um estilo neogótico. Um ano depois, o projecto foi colocado nas mãos de Gaudí, que o replaneou por completo. Gaudí desenhou um templo excepcional e inovador que inicialmente estaria formado por 18 torres, mas teve tempo apenas de criar uma delas antes da sua morte em 1926, atropelado junto à Sagrada Família (ironia!). Graças ao plano minucioso deste grande projecto a obra continua a crescer. Para desenhar o interior, Gaudí inspirou-se nas formas da natureza, criando colunas em forma de troncos de árvore. É obrigatório conhecer!

DSC04085.jpgDSC04107.jpg

Junto à Sagrada Família descrobrimos mais uma bonita Feira de Natal. Na mesma zona visitámos ainda exteriormente o Recinto Modernista de Sant Pau. Não conseguimos entrar porque era feriado e consequentemente o horário das visitas tinha sido bastante encurtado.

DSC04121.jpg

Próxima paragem, Castell de Montjuïc. Subimos até Montjuïc de funicular e de teleférico. Já conhecíamos esta zona da cidade, mas foi a primeira vez que utilizámos o teleférico para lá chegar e temos a dizer que é um passeio que vale bem a pena! É um castelo bonito, grandioso e que oferece umas fantásticas vistas sobre toda a cidade, zona portuária e sobre o mar! Merece uma visita!

DSC04148.jpgDSC04158.jpgDSC04166.jpg

Descemos do Castell de Montjuïc no autocarro que vai em direcção à Praça de Espanha e fizemos uma paragem estratégica na Cidade Olímpica. Quem não se lembra dos Jogos Olímpicos de Barcelona no Verão de 1992? Eramos crianças, pré-adolescentes, mas temos bem presente na memória este grande evento. A Cidade Olímpica continua a espalhar charme com a sua icónica antena de comunicações, um projecto da autoria de Santiago Calatrava.

DSC04179.jpg

Foi hora de por caminhos pedonais descermos atè à Fonte Mágica de Montjuïc. A fonte foi construída em 1929, entre a Praça de Espanha e o Museu Nacional de Arte da Catalunha. Em hora marcada, os jactos de água dançam ao som da música, iluminados por um delicioso jogo de luzes e cor. É mágico e imperdível! Por ser época natalícia as músicas foram dedicadas à quadra. Lindo! Quando forem a Barcelona têm de consultar o horário de funcionamento da fonte e não podem deixar de a visitar.

DSC04187.jpgDSC04191.jpgDSC04213.jpgDSC04217.jpg

Depois de 18Km a calcurrear as ruas de Barcelona (os smarphones foram unanimes a contar os Km!), voltámos para o hotel, para repôr energias para o último dia de passeio!

Contamos tudo em breve!

 

Acompanhem-nos também no Facebook e no Instagram.

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.